Quer saber como escolher o purificador com o melhor tipo de refrigeração? Então, leia esse artigo até o final que vamos te ajudar!

O mercado de purificadores de água no Brasil está crescendo e com isso a quantidade de modelos disponíveis também. Há inúmeros equipamentos que ofertam água natural e gelada, por exemplo, mas certamente você já ouviu iguais inúmeras reclamações sobre a deficiência de refrigeração dos purificadores. E sabe o porquê? Se não, nós vamos explicar e ajudá-lo na escolha da tecnologia adequada.

Há duas tecnologias de refrigeração disponíveis: compressor e placa eletrônica. Se você já sabia dessas opções, provavelmente está pensando agora por qual delas optar. Tecnicamente, respondemos, ambas podem atendê-lo, mas vamos detalhá-las para explicar por que os purificadores com refrigeração com compressor são mais recomendados na maioria dos casos.

Refrigeração por compressor

Os purificadores que refrigeram a partir de compressão são os mais comuns do mercado. O sistema é parecido com o das geladeiras e ares-condicionados, que utilizam gases para realizar a refrigeração. Esses gases não fazem mal para as pessoas e nem poluem o meio ambiente. 🌳🌏

Assim que o equipamento é ligado na energia elétrica, o resfriamento da água começa. Um termostato indica quando todo o líquido está gelado e o resfriamento cessa. Ele começa novamente quando recebe novo volume de água natural.

Diferente das placas eletrônicas, os compressores de ar não precisam de troca de calor para resfriar a água. Eles usam apenas o gás refrigerador, abastecido ainda na fábrica dos purificadores. Isso, em países tropicais, como o Brasil, os torna mais indicados para garantir o resfriamento da água mesmo no calor.

A chance de a refrigeração não ser eficiente é se houver perda de gás, como ocorre em alguns modelos de geladeiras. Para que isso não aconteça, a IBBL equipa os seus purificadores com tecnologia ponta, desenvolvida e produzida pela Embraco e cuja vedação é total para evitar a perda de gás. A prova dessa eficiência é que os nossos compressores duram décadas sem precisar de troca de gás.

Isso explica por que os purificadores refrigerados por compressor conseguem gelar mais de 10 litros de água por dia. ❄ Quem tem esse tipo de equipamento sabe que terá água gelada em no máximo uma hora, mesmo após o esvaziamento total do reservatório.

Quer ajuda para escolher um purificador refrigerado por compressor, que seja ideal para sua casa ou empresa? Então, veja essas 5 dicas que preparamos para você.

Refrigeração por placa eletrônica

O sistema de refrigeração por placa eletrônica é menos robusto. Ele é composto por equipamentos chamados de pastilhas termoelétricas, que atuam a partir de um princípio físico chamado de “Efeito Peltier”.

Bastante comum na indústria de refrigeração de equipamentos eletrônicos, o sistema utiliza condutores que aquecem quando submetidos a uma tensão elétrica em um sistema fechado.

O equipamento gela a água com uma velocidade mais baixa do que os compressores. Mesmo com reservatório sendo menor, é possível que o líquido demore até 2 horas ou mais para ficar completamente gelado.

E ainda, como as placas eletrônicas ficam ligadas por muitas horas para resfriar a água, um purificador refrigerado dessa forma eleva o consumo de energia, e consequentemente a conta fica mais cara no final do mês. 💰

Leia também: Filtro X Purificador de água: Qual a diferença?

Mais detalhes

Vantagens do compressor em resumo:

  • Ideal para lugares com muita circulação de pessoas, como escritórios, comércios e casas grandes, onde é necessária muita água gelada.
  • Quantidade de água refrigerada por dia é bastante grande.
  • Gela toda a água em no máximo 1 hora após total esvaziamento do reservatório.
  • Economiza até 4x mais que purificadores refrigerados por placa eletrônica.
  • É mais durável.

Curtiu o texto? Então, se inscreva no nosso Clube e acesse o nosso site para conhecer os modelos de purificadores refrigerados por compressor que oferecemos!